Doença rara faz irmãos não sentirem dor

sem-dor

Steven Pete e seu irmão nasceram com uma doença congênita que torna ambos os rapazes incapazes de sentir dor. A desordem genética rara, que mantém a sensação de toque, mas não a dor.


Os pacientes podem sustentar até mesmo lesões gravíssimas e que não iriam sentir nada.

Os pais suspeitaram do problema quando Steven quase comeu sua língua, enquanto sua dentição crescia quando criança. Os médicos realizaram vários testes incluindo o uso de agulhas e até mesmo um isqueiro para tentar estimular uma resposta, não sendo possível obter qualquer resultados.

A condição é rara, afetando menos de um em um milhão. Além do potencial de ser ferido sem perceber, aqueles que sofrem de analgesia congênita também são mais susceptíveis de desenvolver artrite e não há nenhuma cura conhecida ou tratamento.

Comente!