Morreu a última tartaruga gigante

tartaruga-george

Com cerca de 100 anos de idade, George era a última tartaruga gigante Pinta conhecida.

Como o único membro da sua subespécie, George foi considerado o animal mais raro do mundo. Ele foi mantido no Parque Nacional de Galápagos, no Equador e, apesar de esforços concertados por ambientalistas, ele nunca foi capaz de produzir descendentes.

Ele foi encontrou morto em seu curral e uma autopsia será realizada em uma tentativa de determinar a causa da morte. Um símbolo das ilhas Galápagos durante décadas, o corpo de George será preservado para o futuras gerações.

Uma população de cerca de 20.000 outras subespécies de tartarugas gigantes estão vivas nas ilhas.

Comente!