10 invenções da NASA que você usa todos os dias

onibus-discovery-nasa

Embora a maioria das pessoas nunca tenham colocado os pés na Lua, todos provavelmente já entraram em contato com um subproduto da NASA em suas vidas.


A parceria com várias equipes de pesquisa e empresas, coloca a NASA em uma vasta gama de novas tecnologias e produtos que melhoraram nossas vidas diárias. Desde saúde, segurança, comunicações e até mesmo entretenimento ocasional.

Também há raízes no ramo governamental associado com foguetes e as pessoas flutuantes. Na verdade, a NASA tem  mais de 6.300 patentes com o governo dos EUA.

[TRADUÇÂO ARQUIVO UFO]

1) Aparelhos dentários invisíveis

nasa-aparelhos-invisiveisAntigamente muitos adolescentes se assustavam com a perspectiva dos aparelhos dentários. Com a ideia de colocar os dentes em ordem e evitar uma boca cheia de metal. A NASA foi a criadora dos aparelhos as invisíveis, que chegaram ao mercado americano em 1987, e agora existem em várias marcas.

As cintas invisíveis são feitas de alumina policristalino translúcido (TPA). Uma empresa chamada TPA Ceradyne desenvolvru em conjunto com a NASA Research uma cerâmica avançada para proteger antenas infravermelhas do calor de rastreadores de mísseis.

Entretanto, uma outra empresa, Unitek, estava trabalhando em um novo design para aparelhos dentários – um projeto que seria esteticamente mais agradável e não teria o fator brilhante metálico. Ela descobriu que a TPA seria forte o suficiente para suportar o uso e é translúcido, tornando-se uma matéria-prima para aparelhos invisíveis. Devido à sua popularidade instantânea, aparelhos invisíveis são um dos produtos mais bem sucedidos na indústria ortodôntico.

2) Lentes resistente a riscos

nasa-lentesSe você deixar cair um par de óculos no chão, as lentes provavelmente não vão quebrar. Isso porque em 1972, a Food and Drug Administration começou a exigir que os fabricantes usassem o plástico em vez de vidro para fazer lentes. Os plásticos são mais barato de usar, melhor a absorção de radiação ultravioleta, mais leve e não propenso a quebra. No entanto, eles também tinham um calcanhar de Aquiles.Plásticos revestidos tendem a arranhar facilmente, e lentes arranhadas poderia prejudicar a visão de alguém.

Por causa da sujeira e partículas encontradas em ambientes espaciais, a Nasa precisava de um revestimento especial para proteger o equipamento do espaço, particularmente nas viseiras do capacetes dos astronautas. Reconhecendo uma oportunidade, a Foster-Grant, fabricante de óculos, licenciou a tecnologia da NASA para seus produtos. O revestimento plástico especial feito em seus óculos de sol são dez vezes mais resistentes do que os plásticos não revestidos.

3) A espuma da memória – o travesseiro da NASA

nasa-espumaA NASA ajuda algumas pessoas a dormirem melhor a noite. A Espuma Temper encontrados em colchões da marca Tempurpedic e marcas similares foi originalmente desenvolvido para o vôo espacial e depois remontado para o lar.

O plástico de silício-poliuretano de células abertas foi criado para uso em assentos de aeronaves da NASA para diminuir o impacto durante os desembarques. O plástico tem uma propriedade única que permite que ele distribua uniformemente o peso e a pressão em cima dele, o que proporciona absorção de choque. Mesmo depois de ser comprimido para 10% de seu tamanho, a espuma da memória vai voltar à sua forma original. Alguns aviões privados e comerciais apresentam agora uma espuma similares.

Mas os usos da espuma plástica estendem além dos céus. Sua distribuição de peso e sensibilidade à temperatura desempenham papéis importantes para pessoas com deficiência grave ou acamados. Os médicos podem personalizar a espuma para apoio a doentes, reduzindo a pressão sobre determinadas partes do corpo para evitar escaras, por exemplo. Algumas empresas também têm integrado espuma temperada em próteses porque tem a mesma aparência da pele e diminui o atrito entre a prótese e articulações.

Outros usos comerciais incluem preenchimento de assento de motocicletas, moldes personalizados de corpos para costura e proteção para pilotos de corrida.

4) Termômetro de ouvido

nasa-termometro-ouvidoMedir a tensão quando está doente pode ser um negócio complicado. Um termômetro de mercúrio pode ser difícil de ler e um toque retal é muito desconfortável. Em 1991, os termômetros infravermelhos que você coloca em seus ouvidos levou o trabalho a um novo nível, simplificando e acelerando o processo.

Diatek, que desenvolveu o primeiro desses tipos de termômetros, viu a necessidade de reduzir a quantidade de enfermeiros em tomar temperaturas. Com cerca de um bilhão leituras de temperatura tomadas em hospitais no Estados Unidos a cada ano e carência de enfermeiros, a empresa começou a raspar os minutos preciosos que de outra forma seriam necessários para assistir a ascensão do mercúrio. Em vez disso,  Diatek aproveitou os avanços da NASA  na medição da temperatura de estrelas com tecnologia de infravermelhos.

Juntamente com o Jet Propulsion Lab da NASA, a empresa inventou um sensor infravermelho que serve como termômetro. Termômetros auriculares com esses sensores infravermelhos tiram sua temperatura medindo a quantidade de energia que seu tímpano emite no canal do ouvido. Desde o tímpano está dentro de nossos corpos, ele atua como um sensor de precisão para a energia, ou calor, dentro dos nossos corpos que aumenta quando ficamos doentes. Os hospitais agora podem realizar uma leitura de temperatura em menos de dois segundos

5) Palmilhas de Calçados

nasa-astronautas-botasQuando Neil Armstrong falou a famosa frase: "um salto gigantesco para a humanidade", ele provavelmente não previa a conotação literal que viria a ter. Calçados esportivos de hoje pegaram emprestado a tecnologia das botas lunares do primeiro homem na Lua.

O traje espacial projetado para as missões Apollo incluíram botas especialmente feitas que colocavam uma mola nos passos dos astronautas e proporciona ventilação. Empresas de calçados esportivos tomaram essa tecnologia para construir melhores sapatos que diminuem o impacto sobre seus pés e pernas.

Por exemplo, em meados dos anos 1980, empresa de calçados Cangurus nos EUA aplicou os princípios e materiais em botas lunares para uma nova linha de calçados esportivos. Com a ajuda da NASA, cangurus patenteou um tridimensional tecido de espuma de poliuretano Dynacoil que distribui a força em seus pés que acontece quando você caminha ou corre]. Ao enrolar as fibras dentro do tecido, a tecnologia poderia absorver a energia de seu pé batendo no chão, recuperando de volta a seus pés.

Outra fabricante de calçados, AVIA, também convertido tecnologia usada na Lua para usar em calçados esportivos. A câmara de compressão patenteado AVIA faz a absorção de choque através do uso de molas.

6) Telecomunicações de longa distância

nasa-antenaA capacidade de continuar conversas telefônicas a longa distância não aconteceu durante a noite. a tecnologia não liga diretamente a uma invenção da NASA mas sim melhorias nas  telecomunicações após décadas de trabalho.

Antes dos seres humanos terem sidos enviados para o espaço, a NASA construiu satélites que poderiam se comunicar com as pessoas na Terra sobre como era o espaço. Usando uma tecnologia semelhante dos satélites, cerca de 200 satélites de comunicação estão em órbita e esse número aumenta a cada dia. Esses satélites enviam e recebem mensagens que nos permitem chamar nossos amigos em Pequim, quando estamos em Boston. Nasa também monitora os locais e a saúde de muitos desses satélites para garantir que possamos continuar a falar com as pessoas ao virar da esquina ou no exterior.

7) Detector de Fumaça ajustável

nasa-detector-fumacaOnde há fumaça, há fogo. Engenheiros da NASA sabiam deste simples fato quando eles estavam projetando a Skylab em 1970. Skylab foi a primeira estação espacial dos EUA, e os astronautas teriam que saber caso um incêndio havia começado ou se gases nocivos foram soltos no veículo. A parceria com a Honeywell Corporation, permitiu a NASA inventar o detector de fumaça ajustável com diferentes níveis de sensibilidade para evitar alarmes falsos.

Ao chegar ao mercado consumidor ele foi chamado de detector de fumaça de ionização. Isso significa basicamente que ele usa um elemento radioativo chamado amerício-241 para detectar fumaça ou gases nocivos. Quando as partículas de ar limpo de oxigênio e nitrogênio entram no detectores de fumaça, o amerício-241 ioniza os elementos, o que cria uma corrente elétrica. Se partículas de fumaças entrar no detector de fumaça, ele interrompe essa interação e dispara o alarme.

8) Grooving (sulcos transversais)

nasa-groovingEsculpir um sulco no concreto pode não soar como uma inovação, mas certamente nos mantém seguros nas estradas. Também chamado de grooving, este simples elemento é um salva-vidas, feito em canais rasos na calçadas, pistas e estradas. Estes encaixes desviam o excesso de água a partir da superfície para reduzir a quantidade de água entre os pneus e a pista ou estrada. Isto aumenta a fricção entre as rodas e o chão, melhorando a segurança do veículo.

Grooving foi experimentado inicialmente pela NASA, no Centro de Pesquisa Langely na década de 1960 como uma forma de melhorar a segurança dos aviões decolando em pistas molhadas. Uma vez que as pessoas perceberam o quão bem trabalhado foi seu resultado, engenheiros de transporte começaram a aplicar as mesmas técnicas em auto-estradas. Segundo a NASA, o grooving reduziu os acidentes rodoviários em 85 por cento.

Você pode encontrar outros exemplos de segurança de ranhura em faixa de pedestres, em torno de piscinas e em currais. Esta inovação tem gerado toda uma indústria, representados pela International Grooving & Grinding Association.

9) Ferramentas sem fio

nasa-ferramentasQuando você está sugando pedaços de sujeira ou migalhas ao redor da casa com um aspirador de mão sem fio, na verdade você está usando a mesma tecnologia que os astronautas usaram na lua . Embora a Black & Decker já tenha inventado as primeiras ferramentas poderosas a bateria em 1961, a NASA ajudou a refinar a tecnologia a tornarem mais leves, implementar em instrumentos médicos, produtos de limpeza e outras ferramentas.

Em meados dos anos 1960, ao se preparar para as missões Apollo, a Nasa precisava de uma ferramenta que os astronautas poderiam usar para obter amostras de rochas e solo da Lua. A broca tinha que ser leve, compacta e poderosa o suficiente para cavar fundo dentro da superfície da lua. Desde aparelhamento de um cabo a uma broca no espaço seria uma proeza difícil, NASA e Black & Decker então inventaram uma furadeira a bateria e motor de imã permanente. Trabalhando no contexto de um ambiente de espaço limitado,a e Black & Decker desenvolveu um programa de computador para a ferramenta que reduziu a quantidade de energia gasta durante a utilização para maximizar a vida da bateria.

Depois do projeto com a NASA, Black & Decker aplicou os mesmos princípios para fazer outras ferramentas leves e movidas a bateria para consumidores comuns.

10) Filtros de Água

nasa-filtroA água é o ingrediente essencial para a sobrevivência humana. Como as pessoas não podem viver sem água, a capacidade de converter a água contaminada para a água pura é uma conquista extremamente importante científica.

Os astronautas precisavam de uma maneira de purificar a água que eles iriam beber no espaço pois bactérias e doenças seriam altamente problemáticos. A tecnologia de filtro de água já existia desde os anos 1950, mas a Nasa queria saber como poderia ter água potável em situações mais extremas e mantê-la limpa por longos períodos de tempo.

Se você olhar para um filtro de água, normalmente você pode detectar pequenos pedaços de carvão no interior deles. Às vezes, quando você usar um filtro de água, você mesmo vai perceber pequenas manchas negras a partir desses blocos. Esse carvão é especialmente ativado e contém íons de prata que neutralizam patógenos na água.Além de matar as actérias na água, os filtros também impedem o crescimento bacteriano adicional. As empresas têm usado a mesma tecnologia para nos trazer melhores filtros de água a milhões de pessoas utilizam sistemas em suas casas todos os dias.

Bônus – Mito Tang

Como você pode ver, a pesquisa inovadora através da NASA desempenha um papel importante em nossas vidas diárias. Mas às vezes as pessoas atribuem produtos para a NASA que não tiveram nenhum papel no desenvolvimento. O equívoco mais comum envolve a bebida de fruta em pó, Tang. Enquanto você pode ouvir muitas vezes que a NASA inventou a Tang como uma bebida espaço, o produto foi criado em 1957. Ele tornou-se ligado com a NASA porque foi selecionado como parte de uma experiência em 1962 para encontrar os alimentos para comer no espaço.

Only registered users can comment.

Comente!