O mito dos vampiros Loogaroos

loogarooO loogaroo era uma entidade do folclore do Haiti e outras ilhas do Caribe, incluindo Granada. A palavra loogaroo é uma corruptela da palavra francesa loup-garou (lobisomem)…

O loogaroo surgiu quando os escravos da África ocidental se apropriaram da demonologia francesa e a misturaram com a "vampirologia" africana.


O loogaroo era bem parecido com o obayifo dos ashanti e o asiman de Dahomey. Os loogaroos eram pessoas, geralmente mulheres idosas, que tinham feito um pacto com o Demônio. Em recompensa por certos poderes mágicos, concordavam em dar ao Demônio sangue morno todas as noites. Para levar a cabo essa tarefa, removiam suas peles, que eram escondidas na chamada árvore Jumbie, a árvore do algodão de seda.

Em seguida, na forma de uma incandescente bola de luz, vagavam pelas terras em busca de sangue. Em sua forma espiritual podiam entrar em qualquer habitação. As pessoas das quais tirava sangue despertavam numa condição de fadiga.

Embora os loogaroos pudessem entrar em qualquer casa, alguma proteção era possível espalhando-se arroz ou areia na frente das portas. O loogaroo, presumia-se, tinha de parar e contar cada grão antes de continuar em seu caminho.

Comente!