Planta carnívora rara é descoberta no Brasil

planta-carnivora

Uma pesquisa do brasileiro Rafael Silva Oliveira, da Unicamp, sustenta que a Philcoxia minensis, endêmica do Brasil, é capaz de aprisionar e digerir nematoides (vermes) sob o solo. É a primeira vez que esta forma de captura é descrita por cientistas.


A planta, que produz uma bela flor, só é encontrada em locais bem iluminados e com o solo pobre em nutrientes, no Cerrado. Enterradas na areia branca e rasa, muitas de suas minúsculas folhas contém pontos adesivos que são verdadeiras armadilhas. Depois de aprisionados, os vermes são digeridos, como um complemento alimentar fundamental para a sobrevivência da espécie.

Para comprovar a hipótese de que a planta é carnívora, foi preciso descrever o processo pelo qual a P. minensis consegue capturar e digerir os nematoides sob o solo. Os pesquisadores, então, marcaram os vermes servidos como alimentos para a planta com nitrogênio-15 (15N), um isótopo estável.

As folhas produzidas após o experimento continham quantidades significativas de 15N, indicando que a planta digeriu e absorveu os nemas. Em 24 horas, houve absorção de 5% de 15N, percentual que pulou para 15% depois de dois dias.

Os resultados fizeram com que os pesquisadores pudessem afirmar que os nematoides foram digeridos naturalmente pela planta, e rapidamente absorvidos. Seguindo os mesmos padrões de outras plantas carnívoras, cujo mecanismo de captura de insetos, porém, ocorre de outras maneiras.

Comente!