Deslumbrante vista de satélite da cratera Aristarchus na Lua

cratera-lunar

Uma das mais brilhantes características na superfície da Lua agora pode ser facilmente vista a olho nu, embora ainda seja necessário um binóculo virtual para aumentar ainda mais a imagem.


Registrado pela sonda Lunar Reconnaissance Orbiter da NASA, a imagem é espetacular, uma vez que o equipamento desceu para apenas 16 quilômetros acima da superfície lunar, ou simplesmente o dobro da altitude dos aviões comerciais na Terra.

Duas vezes mais profundo que o Grand Canyon e 26 milhas de largura, Aristarchus foi criado quando um asteróide atingiu a Lua cerca de 450 milhões de anos atrás. O impacto escavou profundamente a crosta lunar e produziu aglomerados escuros e correntes de lavas formada durante erupções de fogo semelhantes aos das ilhas havaianas.

A foto mostra um panorama completo da área de quase dois quilômetros de altura e 15 quilômetros de largura. Mas os recursos para apenas 15 centímetros de diâmetro pode ser resolvido, por isso tente aumentar o zoom no seu navegador favorito.

Comente!