A Terra teve duas luas que colidiram

duas-luas

Dois astronomos norte-americanos propõem nova tese em artigo na revista Nature


O lado oculto da Lua é cheio de mistérios, com o seu relevo acentuado, crateras profundas e montanhas que chegam aos três mil metros.Porque será tão diferente da face voltada para a Terra, toda ela feita de planícies quase contínuas?

Dois astrónomos norte-americanos têm uma resposta que acrescenta uma mini-lua ao par Terra-Lua, numa fase precoce da formação do sistema solar. Essa mini-lua teria colidido a certa altura com a própria Lua, dando origem aos relevos acentuados que caracterizam a sua face oculta.

Duas Luas

Um grupo de cientistas está argumentou, há poucos dias, que a Terra tem duas luas. Uma é aquela que você já conhece e ama. A outra é um pequeno asteroide, não muito maior do que um carro Smart, orbitando em volta do planeta por um tempo, até que vá embora.

Os pesquisadores afirmam que há uma rocha espacial com pelo menos um metro de largura, orbitando a Terra. Não é sempre a mesma rocha, mas uma seleção de luas temporárias. No modelo teórico dos cientistas, a gravidade do nosso planeta captura os asteroides quando estão passando por perto.

Quando um é fisgado, ele geralmente dá três voltas irregulares – o que dura cerca de nove meses – até que volta para seu caminho próprio.

Comente!