Disco voador aparece no céu de 10 países

Surpresa no céu das Américas. Discos voadores foram vistos em pelo menos 10 países, inclusive no Brasil, durante a tarde de segunda e a madrugada de ontem. Nave do tamanho de um campo de futebol teria descido no Brasil.

U984662ACME


Moradores afirmam ter visto OVNI em Goiás, mas aeronáutica não confirma nem desmente caso
Em Campo Grande Moradores do município de Chapadão do Sul (280 km de Campo Grande) dizem ter visto um objeto voador não-identificado, anteontem à tarde. A rádio Fênix, de Chapadão do Sul, recebeu 20 ligações só na manhã de ontem de pessoas afirmando terem visto o suposto disco voador, segundo o responsável pela emissora, Acari Dias Coelho. O depoimento mais detalhado é o do agente tributário estadual Francisco Fetter. Ele disse ter avistado o objeto durante três minutos, por volta de 17h50 (horário de Brasília), ainda sob a luz do sol, sobre o posto fiscal em que trabalha, na rodovia entre as cidades de Chapadão do Sul (MS) e Chapadão do Céu (GO).

Segundo Fetter, o objeto teria o formato de uma tampa de panela na posição vertical e emitia uma luz muito forte, semelhante àquela produzida por máquinas de solda. Ele estimou o tamanho do objeto igual ao de um campo de futebol. O OVNI não produzia nenhum ruído e tinha uma cor avermelhada. Depois, partiu em direção ao norte do Estado. Cerca de dois minutos depois da partida, Fetter entrou em contato, por rádio, com o posto fiscal mais próximo na direção norte, a cerca de 80 km de onde estava. No momento em que atendeu o rádio, o agente tributário Mozar Menezes declarou estar observando o objeto sobre o posto.

Quatro turistas que visitaram o Parque Nacional das Emas, em Goiás, declararam a Fetter também ter observado um objeto com as mesmas características. Eles estavam com máquinas fotográficas e filmadoras, mas teriam ficado "sem reação" e não fizeram imagens.

Entre as pessoas que telefonaram para a rádio está o fazendeiro Plínio Rotili. Segundo disse à rádio, há pelo menos 20 anos aparecem objetos voadores em sua fazenda, que fica a 20 km da cidade e a 10 km do posto onde Fetter estava. Até o final da tarde de ontem, a Aeronáutica não havia confirmado nem desmentido a informação de que o objeto tinha sido rastreado pelo sistema de radares Cindacta 2, sediado em Curitiba (PR), cuja área de abrangência inclui Chapadão do Sul.

Em Brasília, o oficial da Aeronáutica responsável pelo contato com a imprensa não foi localizado durante toda a tarde. O ufólogo Ademar José Gevaerd, presidente do Centro Brasileiro de Pesquisa de Discos Voadores (CBPV), disse que vai averiguar os relatos de aparecimento de OVNI em Chapadão do Sul.


Três objetos suspeitos são observados na Argentina
A presença de supostos discos voadores também foi observada na Argentina por especialistas em ufologia. Três objetos suspeitos foram detectados no céu de Santa Rosa, na província de La Pampa, na Argentina, no último final de semana. A informação foi divulgada ontem pelo estudioso Oscar Alfredo Mario. Segundo ele, fotografias feitas durante a observação do fenômeno poderão confirmar se eram, realmente, objetos voadores não-identificados.

Mario afirmou que as fotografias serão reveladas nos próximos dias. A aparição dos objetos voadores foi observada na noite de sábado e na madrugada de domingo. De acordo com Mario, os objetos foram vistos durante 12 horas consecutivas. A experiência foi acompanhada por especialistas da Argentina, Venezuela, México, Estados Unidos e Espanha. A observação dos supostos objetos voadores não-identificados faz parte do "Projeto Cóndor", criado em abril durante um congresso de especialistas em ufologia da Argentina e do Chile.


Only registered users can comment.

  1. Nesta reportaem não esta informando a data e horario do fato ocorrido.
    Analiso que as pessoas ou mesmo a autoridade ignoram os comentarios apresentados por testemunhas retatadas, que não presentam na realidade para a população. acreditando que poderá ocorrer tumulto nas informações ou mesmo pode ocorrer uma a descrença da fé e até mesmo revolução economicamente mundial.

  2. alo eu era caminhoneiro, na epoca era noite alta mais ou menos 24 horas estava subindo a rodovia 262, que liga BH, ao norte de MGe uma estrada de serra,muito longa de uns 25.km cercada de altas montanhas havia ja estava, mas da metede da serra quando, a estrdacomeçou a ficarmuito clara, mas forte que a luz do caminhao que dirigia, no momento nao dei muita atenção, pois nao havia movimento de caminhões na estrada, algum tempo depois al passar entre uma montanha e outra foi que notei, que a lua estava muito grande que ela é quando estar cheia.era circular e nas estremidades piscava umas luzes de um amarelo ora fraco ora aumentava as luzes. foi que eu senti medo, e rezei para alcançaro alto pois la ficava um restaurante aberto cconseguindo chegar, chamei alguns motoristas para olharem atal lua,que avançando um poucomais deu um forte clarão passou sobre nós e desapareseu. acabou aviagem pra nós e ficamos ali até o amanhecer,todos apavorados com oque nossos olhos viram. hoje estou com 67 anos e nao conto para muitos o que naquela noite de 22de junho de 1994boa noite a todos abraço do Francisco……..

Comente!