As dificuldades de grandes viagens espaciais

astronautaO homem não pode permanecer por anos em ambiente sem gravidade: seus ossos perdem cálcio, os líquidos tendem para a parte superior do corpo, vai desaparecendo a noção de equilíbrio etc.

Dessa forma, uma viagem longa teria de manter a aceleração de 9,8 m/s2. Isso é teoricamente possível, desde que haja o combustível adequado. A velocidade da luz exata jamais é atingida, porque, nesse nível, deixam de valer as equações da mecânica clássica. Mas a 99,9% da velocidade da luz, por exemplo, para cada minuto passado na nave, decorrem 22 minutos para quem fica (ou espera).


Essa dificuldade faz com que o viajante da galáxia, ao regressar, encontre um outro mundo ou … mundo nenhum.

O combustível: só se pode cogitar de grandes viagens se for controlada, domada, a energia proveniente da fusão nuclear.

Comente!